Cursos de Teologia, Capelania, Psicanálise Clínica, Psicologia Pastoral, Formação Pastoral, Coordenação de encontro de casais, Básico em Teologia, Médio em Teologia, Bacharel em Teologia.
Sábado, 01 de Junho de 2013

Sou um pastor presbiteriano típico, como muitos outros de nossa nação cristã. Convertido, fui batizado e professei a fé. Chamado, vocacionado, fui aprovado pela igreja local e pelo respectivo Presbitério sendo enviado ao Seminário para me preparar melhor. Terminado os estudos teológicos, a árduos exames presbiteriais fui submetido e, benevolentemente, aprovado. O resultado foi a ordenação ao Sagrado Ministério da Palavra. A partir daquele dia era mais um Ministro do Evangelho na Igreja Presbiteriana do Brasil. Pastorei e estudei um pouco mais. Validei os créditos de Teologia. Pastorei e, hoje, sou mestrando em Ciências da Religião. Enfim, muitos viveram o que vivi. Aponto uma trajetória comum com a esperança de ser ouvido pelos meus companheiros. São reflexões pessoais sobre temas incomuns à tal distinta jornada. Quero enfatizar o jovem pastor formado há pouco tempo que já tem muito a desabafar.

"Desabafos", essa foi a palavra que escolhi para expressar os principais pensamentos e sentimentos que me embaraçam no exercício franco do Ministério da Palavra desde que me formei em Teologia, há quase sete anos. São tantas declarações, aconselhamentos, visitas, leituras, ultrajes, visões, gestos, perseguições, percepções do mundo ao redor que assustam qualquer jovem pastor que queira, sinceramente, se dedicar. Receio por onde iniciar, mas devo desabafar.Desabafo. No meu tempo (nem há 10 anos atrás!) havia uma legítima atmosfera pelo exercício pastoral fiel. Dela exalei, me preparei, estudei, formei e pastoreei desde então. Como num fenômeno climático devastador, a atmosfera mudou; os ares são outros. Não se pensa tanto em pastorear, "cuidar de", a não ser de si mesmo. As inspirações são a obtenção de títulos, as igrejas maiores, os grandes centros; como se isso fosse ajudar a "Maria" cheia de fé que jaz no esquecimento da congregação porque o Pastor simplesmente não pastoreia. Opa, não me julgue... Eu mesmo estudo e encorajo a todos ao caminho da busca pelo conhecimento. Minha crítica é focada em pastores desobrigados do Ministério que se escondem no slogan "meu dom é o de ensino". Ah, por favor! Não me venha com "xurumelas"!* Se és Pastor, és Mestre - ou deveria ser - é possível conceber a ideia de um Pastor que não ensine?Já me sinto afadigado por ver gente despreparada usar o pastorado como trampolim para um Mestrado, Doutorado, para as Capitais e os Reais. Fazem da Teologia o "carro-chefe" e nem mesmo leram completamente a Regra, uma única vez sequer. As igrejas? Só enfraquecem. Enquanto desejam ouvir uma mensagem bíblica que lhes seja relevante, os ditos pastores preferem doutrinar a Confissão, o Credo, a Sistemática - que são boas, mas não a primazia. Vigio, por mim. Não quero ser assim. Dona "Maria", precisas de mim?Desabafo. Nos dias de aspirantado** ouvi de um mentor que pastorearia em tempos difíceis. Profecia? Revelação Celestial? Não, foi pura percepção de uma realidade onde o Ministério é acusado de Profissão, onde o Pastor é ladrão e o Ladrão é pastor, onde o Protestante é travestido de Evangélico (no sentido pejorativo do termo), onde o Culto Solene adquire status de comércio e busca por prosperidade, onde a quantidade sem qualidade é melhor do que a qualidade com quantidade.Há dias em que penso em desistir, abandonar tudo. Seria apenas eu? Duvido. O pastor dedicado ao chamado genuíno sofre, é perseguido, incompreendido, cobrado como empregado. Se vê espreitado entre satisfazer o Senhor que o arregimentou ou amaciar o ego da liderança que o pagou. Enquanto ora para o Senhor abrir os olhos do pecador, vê ao seu redor a hipocrisia dos fariseus pós-modernos, cegos e guias de cegos. Todavia, lembro-me do Supremo Pastor. As nuvens escuras se desfazem. Tudo se dissipa. Os olhos são descerrados e a mente recorda: o Chamado. Sim, a vocação sustenta nestes dias maus. A convicção de que Deus chamou dá força para seguir em frente e, mesmo angustiados na alma, tentamos ser pastores segundo o coração de Deus. Afinal, Ele tem um propósito para cada um de nós neste Ministério. Tempos difíceis? Fato.Imagino quantos desabafos poderia descrever... muitos seriam! Mas, quem ouvirá ou lerá sobre eles? Quem os reproduziria ou os subscreveria? Penso em mim mesmo. Escrevo para mim, para me lembrar. Não posso me conformar. Será possível mudar esta realidade? Quem sabe, melhorá-la, pelo menos? Enquanto há vida, há esperança, devo rememorar. Os desabafos são a oportunidade de dizer o que muitos escondem, de revelar que somos apenas simples homens. Todos precisamos desabafar. Me resta registrar: quero trazer a memória o que me pode dar esperança.Rev. Ângelo Vieira da Silva* Expressão humorística bem conhecida.* Na Igreja Presbiteriana do Brasil, ser Aspirante é o primeiro passo no ingresso ao Ministério Pastoral.Texto retirado do blog Regulae Fidei - Regra de Fé http://revavds.blogspot.com/2013/01/desabafos-de-um-jovem-pastor.html#ixzz2UvEBC2SiBlog do Rev. Ângelo Vieira da Silva, Ministro Presbiteriano
publicado por institutogamaliel às 01:03

Terça-feira, 03 de Julho de 2012

Com ênfase no Novo Testamento

 
 
OBJETIVOS:

O programa de Mestrado em Teologia, com ênfase no Novo Testamento do ITG visa o desenvolvimento da capacidade de pesquisa e poder criativo no campo teológico, filosófico e social, assim como a formação de docentes, com a capacidade para a compreensão dos grandes temas e problemas teológicos-filosóficos da atualidade, bem como para a análise e reflexão crítica da realidade social local, regional e nacional.

QUANDO O ALUNO PODE INICIAR O CURSO?
O aluno poderá matricular-se e iniciar seus estudos em qualquer época do ano, pois, os nossos cursos são oferecidos no sistema EAD (Ensino à Distância).

 PUBLICO ALVO: Líderes, Pastores, Missionários, Diáconos, Professores de Escolas Dominical, Membros de Igrejas, Estudantes e Profissionais de Psicanálise, Psicologia, Antropologia, Direito, História, Filosofia; ou seja, todos os que pretendem liderar, ministrar em convenções e conselhos de pastores, seminários teológicos, institutos teológicos, fazer missões, lecionar, escrever livros, apostilas, revistas da escola dominical, ministrar estudos bíblicos, seminários, conferências, palestras; e se aprofundar expressivamente no conhecimento, Teológico, Linguístico, Filosófico, Bíblico, Ministerial e Exegético.

OBJETIVO DO CURSO: Visa a pesquisa científica com a finalidade de formar professores com perspectivas analíticas em cosmovisões diversificadas.

CAMPO DE ATUAÇÃO: Fazendo o Curso de Mestrado em Teologia à distância do ITG, você estará apto para fazer o Curso de Doutorado em Teologia em qualquer outra instituição equivalente, e ainda estará habilitado para atuar nas seguintes áreas:
Liderança Cristã - desenvolver atividades administrativas, docência bíblica na comunidade.
Aconselhamento Pastoral - desenvolver atividades de aconselhamento pastoral às famílias, adolescência, etc., confortando, exortando, ensinando no temor de Deus.
Missões - implantar igrejas nas áreas urbanas e rurais, não alcançadas pelo evangelho.
Evangelismo - levar a mensagem de esperança e salvação das escrituras ao próximo, através da prédica da palavra de Deus, e outros meios.
Docência - exercer uma atuação educativa nos estabelecimentos de educação que necessitem de formação teológica, Igrejas, Seminários, etc. Como também atuar nas áreas de estudos e pesquisas, após o termino do curso ingressar em especializações, mestrados.

DURAÇÃO DO Curso de Mestrado em Teologia à distância: Depende da disponibilidade de tempo do aluno, da sua dedicação, compromisso e esforço pessoal. Geralmente, nossos alunos fazem nossos cursos em média de 06 (seis) a 12 (doze) meses.  

REQUISITOS:
Para matricula-ser no Curso de Mestrado em Teologia, o interessado deverá ter concluído o Bacharelado em Teologia, Filosofia, Ciências Sociais da Religião ou área afins. Tendo concluído nesta ou em qualquer outra instituição equivalente.

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA:
Cópia do Diploma de Bacharel em Teologia, Filosofia, Ciências Sociais da Religião ou áreas afins;
Foto  3/4;
Cópia de Identidade e CPF; Comprovante de endereço;
Cópia do comprovante de depósito bancário referente à matrícula.

OBS: todos os documentos acima citados, deve ser digitalizados e enviados por e-mail, para : instgamaliel@gmail.com

INVESTIMENTO:
O valor do curso MESTRADO EM TEOLOGIA (NA PROMOÇÃO), consiste em uma TAXA ÚNICA , depositada em conta ou pago através do sistema Pagseguro, dando direito ao curso completo, com todas as apostilas, provas, diploma, credencial de formação teológica e histórico escolar, sem nenhum valor a mais.

ENVIO DAS DISCIPLINAS:
As disciplinas serão enviadas para o endereço de e-mail informado pelo aluno, no prazo de até 48hs úteis, após a confirmação do pagamento.


DISSERTAÇÃO:
Além das disciplinas do currículo, o aluno deverá apresentar uma dissertação referente à especialização escolhida, no mínimo cinqüenta (50) páginas datilografadas em espaço duplo, fonte arial, ou trinta e seis (36) páginas no computador, em espaço normal.

EGRESSOS:
Desenvolver atividades práticas pertinentes ao campo teológico-filosófico e tarefas teóricas da pesquisa científica teológica-filosófica, social e do fato religioso; Praticar a docência do ensino religioso, tanto para o nível público como para o privado; Praticar a crítica teológica-filosófica de conformidade com a rigorosa técnica da exegese e da hermenêutica; Cooperar com a os órgãos públicos na tarefa de prestação de cidadania e de bem estar para as comunidades.

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Religião e Cultura.
Nesta área, estuda-se as principais correntes de pensamento que se desenvolvem em relação à estrutura dos elementos que compõem a religiosidade das diferentes sociedades e culturas.

LINHA DE PESQUISA: Cultura e Sistemas Simbólicos.
Esta linha de pesquisa discute os conceitos básicos de antropologia como a noção de cultura, mitos e ritos e visa demonstrar que entre os vários sistemas simbólicos, objetos do fazer antropológico como parentesco, as relações econômicas, a arte, a ciência, está também a religião.

As Linhas de Pesquisa são compostas pelos blocos temáticos em que as pesquisas devem estar inseridas.

Modalidade do Curso de Mestrado em Teologia à distância: Os Cursos de Teologia do ITG por serem "Cursos Livres no Sistema EAD” em nível de graduação, não sujeitos a fiscalização ou credenciamento pelo MEC estão amparado por Leis Federais: 1821/53, 34.330/53, 5540/68 , Artigo 210, § 1° da Constituição Federal, respaudados nos pareceres: 241 de 15/03/99; 296 de 10/08/99; 97 de 06/04/99; 241/99; Decreto Lei 1051/69 art. 1º; Decreto Lei nº 9394 de 20/12/96 art. 50 (LBD); Decreto nº 5.622 de 20/12/05; Art. 80 da LBD (Lei 9394/96). Art. 1º. Assim, pessoas com atuação nas mais diversas áreas optam por um Curso aberto, não só pela facilidade de cursá-lo, enquanto prosseguem em sua atividade profissional ou estudantil, mas também porque, em geral, os Cursos de Teologia tendem a ser mais focados na aplicabilidade prática dos conceitos, melhorando assim sua atuação.

- Nossos diplomas podem ser convalidados em qualquer Faculdade de Teologia que presta este serviço, e aceitos pelo CFT - Conselho Federal de Teólogos.

NOTA PARA APROVAÇÃO:
Exige-se nota mínima sete (7.0), para a aprovação.

 

PREÇO PROMOCIONAL PARA ESTE MÊS, APROVEITE!

PROGRAMA DE PESQUISA DO MESTRADO:

01

Didática do Ensino Superior

02

Fundamentos da Educação Cristã

03

Sociologia

04

Filosofia Geral

05

Filosofia da Religião

06

Bibliologia

07

Introdução a Psicologia

08

Teologia Sistemática

09

Teologia Sistemática do Novo Testamento

10

Teologia do Novo Testamento

11

Os Evangelhos

12

Atos e Epístolas Paulinas

13

Hebreus e Epístolas Gerais

14

Apocalipse

15

História da Igreja

16

Metodologia de Pesquisa Científica

 

FAÇA AGORA A SUA SOLICITAÇÃO!

ENTREGA DOS TRABALHOS:
Os trabalhos deverão ser enviados para o e-mail: instgamaliel@gmail.com

CARTEIRA DE ESTUDANTE:
O aluno poderá solicitar gratuitamente sua Carteira de Estudante. Para isso, deverá enviar FOTO 3X4 via e-mail.

GRAU CONFERIDO:
O ITG emitirá o Diploma com o grau de Mestre em Teologia.
 

 

O CURSO É RECONHECIDO PELO MEC?

 

No dia 15 de Março de 1999 o Conselho Nacional da Educação aprovou o Parecer CEC 241/99 que abre jurisprudência para o reconhecimento dos cursos em Teologia.

 

NOTA:

 

·          È importante salientar que o parecer possui vigor para as instituições teológicas iniciem apenas, os seus processos de regulamentação junto ao MEC. Um detalhe muito importante é que o Parecer pode ou não se tornar Resolução ou Portaria, mas o fato dele ter sido dado, justifica a abertura do processo ao possível reconhecimento ao curso teológico;

·          Existem alguns problemas que as instituições teológicas ainda enfrentam, o principal deles é a diretriz para o reconhecimento, (carga horária, corpo docente, acervo bibliotecário, etc), que até o momento não fora divulgado pelo MEC, acredita-se que seja semelhante ao de bacharelado em filosofia nível C;

·          O DECRETO-LEI Nº 1051/69 autoriza a validação dos estudos  “aos portadores de diploma de cursos realizados em Seminários Maiores, Faculdades Teológicas ou instituições equivalentes de qualquer confissão religiosa” (Art.1º);

·          “Como o ensino militar, o ensino religioso foge as limitações dos sistemas vigentes” (Par. 286/8). Tais cursos são ditos “livres”, não necessitando de prévia autorização para funcionamento nem de posterior reconhecimento do Conselho de Educação Competente;

·          A jurisprudência do Conselho Federal de Educação tem sido no sentido de declarar-lhes a equivalência, de acordo com regras amplas e flexíveis, é o que se depreende da leitura da Lei 1821/53, do Decreto 34.330/53, dos pareceres do CFE, nº 279-64 (doc.31, p.69) e nº 884/65 (doc.92, p.60) e nº 3174/77 (doc.204, p.17) entre outros;

·          O parágrafo único do art. 7º da Lei 5.692/71 coloca o ensino Religioso como disciplina facultativa para os alunos, devendo obrigatoriamente constar dos horários normais do estabelecimentos oficiais do ensino de 1º e 2º Graus. Tal Lei está respaldada e enfatizada hoje pelo art. 210, parágrafo 1º da Constituição da República Federativa do Brasil;

·          De acordo com o acima exposto e sendo a FAETESP registrada de acordo com todas as normas do país e pertencendo a uma Confissão religiosa, Igreja Evangélica Assembléia de Deus, tem o amparo da Lei para o funcionamento, quanto ao RECONHECIMENTO DO CEC, como todas as entidades que ministram teologia ainda está em andamento. (Processo de Credenciamento).

 

Atenciosamente,

--
Pr. Flávio Nunes de Souza

Filiado ao  CFT  000.752/081
Representante do  CFT  026/081-09

publicado por institutogamaliel às 18:33


 

Curso de Bacharelado em Teologia: é um curso eclesiástico, direcionado aos pastores, presbíteros, evangelistas, diáconos, líderes de escola bíblica e membros de igrejas evangélicas em geral, que desejam adquirir conhecimento de Deus e de sua palavra para melhor servir ao Senhor.

Material didático: o curso é realizado totalmente à distância. Desta forma o aluno recebe através de sua conta de e-mail, o endereço para baixar as matérias.

O material é disponibilizado EXCLUSIVAMENTE via internet, onde após o acolhimento do pedido de matrícula, enviamos ao aluno um e-mail com o link das matérias, TODAS DE UMA SÓ VEZ, onde poderá fazer o download de cada uma delas, em formato PDF, de forma que ficará o seu critério imprimir ou não.


Obs.: Não disponibilizamos material impresso, devido o grande volume de informações e matérias que compõe o nosso curso, de forma que para tal, teríamos que cobrar dos alunos um valor infinitamente superior ao que praticamos.

Prova: juntamente como o material didático consta uma prova de conhecimentos gerais, com questões que dizem respeito a todo o curso. O aluno deve baixar a prova junto com as matérias e, responder as questões à medida que estuda cada matéria. Após responder todas as questões o aluno deve encaminhar a prova pra o ITG que irá processar a avaliação das respostas.

Duração do curso: por se tratar de um curso “livre”, permitimos que o próprio aluno administre o tempo para conclusão, estudando em suas horas vagas ou como desejar. Este curso pode ser concluído em até 24 meses, sendo que, por mais aplicado que seja o aluno não é possível a sua conclusão em um período inferior a 03 meses.

Reconhecimento do MEC: O curso é de ordem eclesiástica. Não se trata de um curso superior, válido para concursos públicos.

O MEC - MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA, não reconhece o curso de “Graduação Teológica Livre", tanto presencial como à distância. Os cursos de Graduação Teológica Livre, Mestrado e Doutorado são de caráter eclesiástico, onde está inserido o ITG – Instituto Teológico Gamaliel.

Convalidação:Você poderá convalidar nossos Certificados dos Cursos de Teologia em qualquer Faculdade Teológica presencial que preste este serviço e também se filiar no CFT e outras associações de classe.

Certificado:Para todos os cursos ofertados pelo ITG, são emitidos certificados juntamente com o histórico de notas obtidas pelo aluno. Bem, como a descrição da carga horária de cada curso.

Custo do Curso: O aluno não paga mensalidade, apenas uma “Única” taxa de matricula. Também, asseguramos que após a conclusão do curso, não cobramos taxa de emissão do certificado.

Grade curricular:

  • Administração Eclesiástica
  • Angelologia
  • Antropologia
  • Apologética
  • Arqueologia Bíblica
  • Atos dos Apóstolos
  • Batalha Espiritual
  • Bibliologia
  • Cristologia
  • Cura Interior
  • Didática
  • Direito Eclesiástico
  • Discipulado
  • Doutrinas Bíblicas
  • Eclesiologia
  • Epistolas Paulinas
  • Escatologia
  • Escola Bíblica
  • Estudo da Fé
  • Ética Cristã
  • Ética Pastoral
  • Exegese Bíblica
  • Filosofia da Religião
  • Fundamentalismo
  • Geografia Bíblica
  • Grego
  • Hamartiologia
  • Hermenêutica
  • História da Igreja
  • História de Israel
  • História do Cristianismo
  • Homilética
  • Livro de Apocalipse
  • Livros Históricos
  • Livros Poéticos
  • Método de Estudos Bíblicos
  • Ministérios Eclesiásticos
  • O Culto Bíblico
  • Os Evangelhos
  • Panorama Bíblico
  • Paracletologia
  • Pentateuco
  • Pneumatologia
  • Profetas Maiores
  • Profetas Menores
  • Soteriologia
  • Técnicas de Comunicação
  • Teologia Bíblica do Novo Testamento
  • Teologia Bíblica do Velho Testamento
  • Teologia Sistemática
  • Tipologia
  • Trindade

Documento de Conclusão: Tendo sido aprovado nas matérias deste curso, o aluno estará apto a receber o DIPLOMA DO CURSO DE BACHARELADO EM TEOLOGIA, conforme modelo abaixo:


Solicitação de Curso

Para inscrever-se em um ou mais cursos do ITG - Instituto Teológico Gamaliel, favor seguir os passos abaixo:

1º Passo - Preencha a ficha abaixo e click no botão "enviar ficha"

Ficha de Matrícula

2º Passo - Após a ficha enviada, clik no botão abaixo para realizar seu pagamento pela internet, podendo usar cartões de crédito parcelando em várias vezes ou emitindo um boleto para pagar em qualquer banco ou loterica.

Opção de Pagamento

Nossos cursos são cursos livres que tem o respaldo nos pareceres: 1º) 241 de 15/03/99 que trata dos Cursos Superiores de Teologia 2º) 296 de 10/08/99 que regulamenta o aproveitamento de estudos realizados em Seminários Maiores (Faculdades de Teologia) em cursos de licenciatura. O parecer do Conselho pleno de nº 97 de 06/04/99 que trata da Formação de Professores para o Ensino Religioso nas Escolas Públicas de ensino fundamental. No dia 15/03/99 o Conselho Nacional de Educação, aprovou o parecer nº 241/99 que abre jurisprudência para o reconhecimento dos cursos de Teologia.

O Decreto Lei 1051/69 art. 1º valoriza a validação dos estudos “aos portadores de diplomas de cursos realizados em Seminários Maiores, Faculdades Teológicas ou Instituições equivalentes de qualquer confissão religiosa.

O Decreto Lei nº 9394 de 20/12/96 art. 50 (LBD) diz: “As instituições de Educação Superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão matrículas nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem capacidade de cursá-las com proveito, mediante processo prévio.

A Regulamentação do Ensino à Distância está amparada pelo Decreto nº 5.622 de20/12/05 que regulamenta o Art. 80 da LBD (Lei 9394/96).

Art. 1º - Educação à Distância é uma forma de ensino que possibilita a auto-aprendizagem, com mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados, representados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados, e veiculados pelos diversos meios de comunicação.

Amparo Constitucional: Reconhecido e Auto-Regulamentado pela Lei 1821 de 12/03/1953, e Decreto Lei Nº 34.330 de 21/10/53, Decreto Lei Nº 9.394/96 e 9.475/97 e Pareceres Nº 97/99; 296/99 e 765/99 do Conselho Nacional de Educação e Artigos: 5º,§ 1º, § 8º e 9º e Artigo 210º, § 1º da Constituição Federal

  • Não cobramos mensalidades! o nosso aluno deve apenas efetuar o pagamento da taxa UNICAde matrícula, que corresponde a nossa necessidade de manutenção de nossas instalações e serviços, bem como despesas com pessoal, correios, internet, etc.
  • Não visamos lucro, mas apenas o compartilhamento do conhecimento para crescimento da obra de Deus.
  • Assumimos o compromisso de que, diferente do outros orgãos, não cobramos no final do curso taxa alguma para emissão do certificado ou diploma.
publicado por institutogamaliel às 18:26



 
Há uma grande necessidade de psicanalistas para orientar as pessoas na solução de seus problemas existenciais, tais como: fobias, ansiedades, depressões, obsessões, impulsos auto e heteroagressivos, angústias e crises de toda ordem. O profissional de Psicanálise ajudará a sociedade a ficar mais humana e a vida a ter mais sentido!

A FORMAÇÃO DO PSICANALISTA

1 - A formação profissional em Psicanálise compreende:
I - Teoria
II - Análise pessoal
 

2 - A duração mínima da formação é de 1 (um) ano.

GRADE CURRICULAR

 

1 ACONSELHAMENTODE DEPENDENTES QUIMICOS
2 ACONSELHAMENTO DEIDOSOS
3 ACONSELHAMENTO DE PACIENTES TERMINAIS
4 INTEGRAÇÃO DE FREUD, LACAN E JUNG
5 INTERPRETAÇÃO DE SONHOS I
6 INTERPRETAÇÃO DOS SONHOS II
7 INTRODUÇÃO À PSIQUIATRIA
8 INTRODUÇÃO A TERAPIA FREUDIANA
9 INTRODUÇÃO DA TERAPIA FREUDIANA
10 NEUROSES E PSICOSES
11 PSICANÁLISE E RELIGIÃO
12 PSICANÁLISE EXISTENCIAL
13 PSICANÁLISE INTUITIVA
14 PSICANALISE QUANTICA
15 SEXOLOGIA
16 TEORIA DA PERSONALIDADE
17 TEORIA DOACONSELHAMENTO
18 TEORIA E CLÍNICA DE MELAINE KLEIN
19 TEORIA E CLÍNICA DE SIGMUND FREUD
20 TEORIA PSICANALÍTICA
21 TERAPIA JUNGUIANA
22 TERAPIA LACANIANA
23 TOXICOLOGIA

I - TEORIA

Compreendem estudo da obra de Freud, das contribuições de seus principais colaboradores e dos trabalhos de atualização sobre teoria e técnica analíticas. Seu objetivo é proporcionar aos candidatos conhecimentos que lhes permitam lidar, praticamente com os casos clínicos. Além do estudo dos livros de Sigmund Freud o alunos estudará também obras de outros autores tais como: Alfred Adler, Carl Jung, Lacan, Melanie Klein, J. B.Pontalis, Wilfred Bion, Donald Winnicott, Jean Laplanche dentre outros.

II - ANÁLISE PESSOAL

A análise pessoal visa propiciar experiência básica de contato com o inconsciente e com processo de lidar com as angústias impedidoras do desenvolvimento emocional. Deve ser conduzida de modo a permitir a retomada do desenvolvimento emocional estacionado em alguma área ou áreas da mente. A finalidade essencial de tal análise pessoal é atingir alto grau de estabilidade de caráter e de maturidade emocional.

RECONHECIMENTO DA PROFISSÃO

Os psicanalistas têm sua profissão classificada na CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) no Ministério do Trabalho - Portaria nº 397/TEM de 09/10/2002, sob o nº 2515.50, podendo exercer sua profissão em todo o Território Nacional. O Psicanalista é um profissional que pratica a Psicanálise em consultórios, clínicas e até hospitais, empregando metodologia exclusiva ao bom exercício da profissão, quais sejam, as técnicas e meios eficazes da psicanálise no tratamento das psiconeuroses.

PUBLICO ALVO

Pessoas que atuam na área de ciências humanas (medicina, psicologia, psiquiatria, enfermagem, filosofia, direito, teologia, educação, pedagogia, letras, etc) e áreas afins; capelães, conferencistas, líderes; profissionais interessados no trabalho clínico em Psicanálise: psicólogos e psiquiatras, médicos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, enfermeiros que trabalham nos diversos serviços de Saúde: hospitais, núcleos de atenção psicossocial, centros de saúde, projetos judiciários, empresas, escolas, serviços de urgência e outros.

CAMPO DE ATUAÇÃO

Segundo o CB0 nº 2525-50 do Ministério do Trabalho e Emprego, no final do Curso de Formação em Psicanálise você estará preparado para atuar nas seguintes áreas:

AVALIAR COMPORTAMENTOS INDIVIDUAL, GRUPAL E INSTITUCIONAL.


Triar casos, entrevistar pessoas, levantar dados pertinentes, observar pessoas e situações, escutar pessoas ativamente. Investigar pessoas, situações e problemas, escolher o instrumento de avaliação, aplicar instrumento de avaliação, sistematizar informações, elaborar diagnósticos, elaborar pareceres, laudos e perícias, responder a quesitos técnicos judiciais, devolver resultados (devolutiva).


ANALISAR, TRATAR INDIVÍDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES

Propiciar espaço para acolhimento de vivencias emocionais (setting), oferecer suporte emocional, tornar consciente e inconsciente, propiciar a criação de vínculos paciente-terapeuta, interpretar conflitos e questões, elucidar conflitos e questões, promover a integração psíquica, promover o desenvolvimento das relações interpessoais, promover desenvolvimento da percepção interna, mediar grupos, família e instituições para solução de conflitos, dar aula.


ORIENTAR INDIVÍDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES


Propor alternativas para solução de problemas, informar sobre o desenvolvimento do psiquismo humano, aconselhar pessoas, grupos e famílias, orientar grupos profissionais, orientar grupos específicos (pais, adolescentes, etc., assessorar instituições.


ACOMPANHAR INDIVIDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES


Acompanhar impactos em intervenções, acompanhar o desenvolvimento e a evolução do caso, acompanhar o desenvolvimento de profissionais sem formação e especialização, acompanhar resultados de projetos, participar de audiências.


EDUCAR INDIVIDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES


Estudar caso em grupo, apresentarem estudos de caso, ministrar aulas, supervisionar profissionais da área e de áreas afins, realizar trabalhar para desenvolvimento de competência e habilidades profissionais, formar psicanalistas, desenvolver cursos para grupos específicos, confeccionar manual educativo, desenvolver curso para profissionais de outras áreas, propiciar recursos para o desenvolvimento de aspectos cognitivos, acompanhar resultados de curas, treinamento.


DESENOLVER PESQUISAS EXPERIMENTAIS, TEÓRICOS E CLÍNICAS


Investigar o psiquismo humano, investigar o comportamento individual, e grupal e institucional, definir o problema e objetivos, pesquisar bibliografias, definir metodologia de ação, estabelecer parâmetros de pesquisa, construir instrumentos de pesquisa, coletar dados, organizar dados, compilar dados, fazer leitura de dados, integrar produtos de estudos de caso.


COORDENAR EQUIPES DE ATIVIDADES DE ÁREAS AFINS


Planejar as atividades da equipe, programar atividades gerais, programar atividades da equipe, distribuir tarefas a equipe, trabalhar a dinâmica da equipa, monitorar atividades das equipes, preparar reuniões, coordenar reuniões, coordenar grupos de estudos, organizar eventos, avaliar propostas e projetos,avaliar e executar as ações.


PARTICIPAR DE ATIVIDADES PARA CONSENSO E DIVULGAÇÃO PROFISSIONAL


Participar de palestras, debates, entrevistas, seminários, simpósios, participar de reuniões científicas (Congressos, etc.), publicar artigos, ensaios de livros científicos, participar de comissões técnicas, participar de conselhos municipais, estaduais e federais, participar de entidades de classe, participar de evento junto aos meios de comunicação, divulgar práticas do psicanalista, fornecer subsídios às estratégias organizacionais, fornecer subsídios à formação de políticas organizacionais, buscar parcerias, ética e organizacional.


REALIZAR TAREFAS ADMINISTRATIVAS


Redigir pareceres, redigir relatórios, agendar atendimentos, receber pessoas, organizar prontuários, criar cadastros, redigir ofícios, memorandos e despachos, compor reuniões administrativas técnicas, fazer levantamento estatístico, comprar material técnico, prestar contas.


DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS


Manter sigilo, cultivar a ética,demonstrar ciência sobre o código de ética profissional, demonstrar ciência sobre a legislação pertinente, demonstrar bom senso, respeitar os limites de atuação, ser psico-analisado, ser psicoterapeutizado, demonstrar continência (Acolhedor), demonstrar interessa pela pessoa, ser humano, ouvir ativamente (saber ouvir), manter-se atualizado, contornar situações adversas, respeitar valores e crenças dos clientes, demonstrar capacidade de observação, demonstrar habilidade de questionar, amar a verdade, manter o setting, demonstrar autonomia de pensamento, demonstrar espírito crítico, respeitar os limites do cliente e tomar decisões em situações de pressão.

DURAÇÃO

Depende da dispobilidade de tempo do aluno, da sua dedicação, compromisso e esforço pessoal. Duração mínima: 12 (doze) meses

 

Conforme esclarecem as leis abaixo citadas, os Cursos de Formação em Psicanálise são Cursos Livres oferecidos por Instituição Psicanalíticas (em nosso caso o ITG). Logo, não se enquadram como curso de Graduação ou Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização).

·  AVISO 257/57 - Ministério da Saúde

·  Classificação Brasileira de Ocupações - Ministério do Trabalho

·  Enciclopédia Saraiva de Direito

·  MEDIDA PROVISÓRIA 1549/35 de 10/10/97

·  Ofício do Conselho Federal de Psicologia

·  Parecer do Conselho Federal de Medicina

·  Parecer da Coordenadoria de identificação e registro profissional/SES

·  Projeto de Lei 3944 de 2000

Custo do Curso

O aluno não paga mensalidade, apenas uma “Única” taxa de matricula. Também, asseguramos que após a conclusão do curso, não cobramos taxa de emissão do certificado.


 Documento de Conclusão

 Tendo sido aprovado nas matérias deste curso, o aluno estará apto a receber a credencial de Psicanalista Clínico e o Certificado, conforme modelo abaixo:
 

 

 
publicado por institutogamaliel às 18:22


 

Objetivo do curso

Atender a deficiência e necessidade de mais pessoas ajudarem no ministério pastoral de visitação na Capelania e proporcionar uma formação espiritual, emocional e técnica para o trabalho de visitação e atendimento hospitalar à pacientes e seus familiares que enfrentam crises em função da doença.

Quem Pode Participar

Destina-se a cristãos que desejam se preparar melhor para esse ministério e desejam ser voluntários do trabalho de Capelania do Hospital, Escolar, Carcerária, Militar e outras. Membros de igrejas evangélicas, profissionais da saúde, pastores e missionários.

Requisitos necessários

  • Ser membro da mesma igreja evangélica há mais de 2 (dois) anos, ambos os sexos;
  • Ter mais de 18 anos;
  • Bom conhecimento bíblico;
  • Equilíbrio emocional e doutrinário.

Programa do Curso

  • Regulamentação
  • Aconselhamento Pastoral
  • Capelania Militar
  • Capelania Carcerária
  • Capelania Escolar
  • Outras áreas de Capelania
  • Teoria
  • Prática

Custo do Curso

 

O aluno não paga mensalidade, apenas uma “Única” taxa de matricula. Também, asseguramos que após a conclusão do curso, não cobramos taxa de emissão do certificado.

 

Documento de Conclusão

Tendo sido aprovado nas matérias deste curso, o aluno estará apto a receber a credencial de Capelão (ã) e o Certificado de Capelão (ã), conforme modelo abaixo:

 
             
             
 

 

publicado por institutogamaliel às 18:15


 
O curso de coordenação de encontros de casais existe para condicionar os líderes a implantar e coordenar encontros de casais em suas igrejas e comunidades.O Encontro de Casais, sem dúvida, é tremendo! É uma bênção para a vida de todos aqueles que, afastam-se de suas atividades regulares para experimentarem um encontro com Deus, permitindo que o Espírito Santo ministre em suas vidas.
 
Neste curso o líder tem uma grande oportunidade de saber como programar o encontro, quais as regras a serem seguidas, o que deve ser ministrado, qual o resultado esperado, o que Deus pode fazer por meio do encontro, etc.
 
Podemos dizer que o Encontro de Casais hoje é uma grande ferramenta de evangelização para casais, bem como para tratamentos e cura espiritual, aconselhamento conjugal e familiar, e porque não dizer, também de despertamento da igreja para uma vida mais próxima de Deus.
 
Assuntos abordados no curso:
  • Regras para a existência do encontro
  • A importância do Encontro
  • Manual de práticas do Encontro
  • O que Deus faz no encontro
  • Encontro de mulheres
  • Encontro de homens
  • Encontro com Deus
  • Libertação
  • Relacionamento Familiar
  • Nova vida com Cristo
  • Cura Interior
  • Dinamica para casais
  • Implantando a visão espiritual
Após o estudo de todo o material didático e de orientação para a coordenação de encontro de casais, o aluno do curso é submetido a uma avaliação e posteriormente lhe é emitido o certificado de conclusção do curso, conforme modelo abaixo:
 
 

 
 
 

Opção de Pagamento por depósito bancário ou transferência entre contas:
 
Depósito em Conta Corrente:
 

Banco: Bradesco

Agência: 2169-5

Conta Corrente: 20821-3

Favorecido: Flávio Nunes de Souza

Banco: Brasil

Agência: 0721-8

Conta Corrente: 30331-3

Favorecido: Flávio Nunes de Souza

Banco: Itaú

Agência: 9708

Conta Corrente: 00782-9

Favorecido: Flávio Nunes de Souza

 
 
     Após o preenchimento da ficha de matrícula, mande-nos um e-mail para instgamaliel@gmail.com com o comprovante do pagamento. Não nos responsabilizamos por pagamentos, em especial, depósitos efetuados e não comunicados.
publicado por institutogamaliel às 17:40

Sexta-feira, 29 de Junho de 2012

Herança da colonização portuguesa, o catolicismo enfrenta o momento de maior arrefecimento da história do Brasil. É o que constatou o levantamento feito em todos os municípios do País no Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia a Estatística (IBGE), que pesquisou em diversos níveis os aspectos religiosos da população brasileira. Em pouco mais de 20 anos, o número de brasileiros que se declararam católicos caiu 22,4%.
Para se ter uma ideia, em 1940, o mesmo IBGE constatava um percentual de 95% de católicos no Brasil. Em 1991, este número passou para 83%. Posteriormente, em 2000, na queda mais acentuada, foi para 73,6%, até chegar, 10 anos depois, nos atuais 64,6% dos cerca de 190 milhões de brasileiros .
Mesmo mantendo sua predominância, o catolicismo perde cada vez mais terreno para a religião evangélica. A pesquisa do Censo constatou que 22,2% do País está inserido nas crenças das igrejas de missão e pentecostais, dentre outras que pregam o evangelismo. O salto de 6,8%, em relação ao levantamento do ano 2000, se torna ainda maior se voltarmos ao ano de 1940, quando os evangélicos entraram na pesquisa e apareciam apenas com 2,6%. Ou seja, em pouco mais de 70 anos, cresceram 20,4%.
"Entre os católicos é comum ter pessoas não praticantes, que se declaram católicos. E nas outras religiões não, o que se declara é um participante mesmo. Essa é a grande diferença. O evangélico, por exemplo, participa muito mais. É fiel aos princípios da igreja", diz Cláudio Crespo, coordenador de população e indicadores sociais do IBGE. "A tendência é essa, de redução da população que se declarou católica, algo que vem sendo observado desde a década de 90", completa.
Se o catolicismo ainda é hegemônico, o Brasil, no entanto, convive cada vez mais com a pluralidade religiosa. O Censo revelou que 2% dos entrevistados se declararam espíritas (aumento de 0,7% em relação ao ano de 2000), enquanto que umbanda e candomblé respondem por 0,3% (sem alteração). Outras religiosidades, como o islamismo, por exemplo, estão presentes em 2,7% (acréscimo de 0,9%) da população, enquanto que 8% dos brasileiros não têm religião. Apenas 0,1% não souberam responder, ou não quiseram prestar a informação.
"Neste contexto, o (Estado do) Rio Grande do Sul é um exemplo interessante disso, porque dependendo da região, e da ocupação que ocorreu, o Sul tem uma presença espírita e umbandista forte, tem uma ocupação de evangélicos de missão e também de católicos. É um Estado que se mostra bastante plural", exemplificou Crespo.
Nas regiões Norte e Centro-Oeste a diversificação dos grupos religiosos é marcada pela presença expressiva de evangélicos, sobretudo dos pentecostais, os quais têm também importante presença nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Os católicos, por sua vez, ainda que soberanos, têm maior representatividade no Nordeste: 72% dos habitantes.

No comparativo dos sexos, 65,5% dos homens brasileiros se declararam católicos, na maior presença masculina dentre as religiões. Nas demais crenças, as mulheres são maioria: 24,1% são evangélicas, 2,3%, espíritas, 0,3% adeptas da umbanda e candomblé e 2,9%, de outras religiões.
Mais de 42 milhões de fiéis
O avanço das Igrejas Evangélicas no Brasil é ainda mais clara quando os percentuais são deixados de lado para o comparativo dos números brutos da pesquisa. São exatos 42.275.440 brasileiros que se declararam evangélicos, enquanto os católicos apostólicos romanos, majoritários, formam um grupo de 123.280.172 habitantes.
Dos cerca de 42 milhões de evangélicos, mais de 25 milhões são de origem pentecostal. Somente a Assembleia de Deus, Igreja de maior representatividade, possui 12 milhões de fiéis. Elas serviram de alicerce, ainda, para outro dado importante: enquanto 79% dos moradores de áreas urbanas responderam que são católicos, o maior número absoluto dos que moram no campo, nas grandes cidades, 23,5% são evangélicos.
"A partir do êxodo rumo às grandes cidades, da década de 70 para 80, você tem o surgimento da Igreja Universal do Reino de Deus, por exemplo, que aproveita a oportunidade para criar o que chamamos de igreja de periferia, como igreja de portas abertas para receber esse pessoal 'sem eira nem beira', sem ter onde ficar", explica Maria Goreth, coordenadora de indicadores sociais do IBGE.
Este efeito migratório encontra reflexo ainda nas idades dos entrevistados. Se os católicos encontram mais representatividade entre os brasileiros que têm mais de 40 anos, ou seja, oriundos da época em que o catolicismo era soberano, os evangélicos têm maior proporção entre crianças e adolescentes, que escolheram a religião que acolheu os pais neste êxodo.
Outras curiosidades
- O município de União da Serra, no Rio Grande do Sul, é o mais católico do Brasil: 99,18% dos moradores seguem da religião; - O município de Arroio do Padre, também no RS, é o mais evangélico: 85,84% dos moradores; - Palmelo, em Goiás, concentra o maior número de espíritas: 45,5%; - Cidreira, novamente no RS, tem 5% de praticante de umbanda e candomblé; - O islamismo responde apenas por 1,2% do grupo de outras religiosidades; - Sobre os que se declararam sem religião, 4% são ateus.
publicado por institutogamaliel às 07:06
tags:


leao receita federal Igrejas Devem Entregar a DIPJ até Dia 29/06/2012
Muitos entendem erroneamente que as igrejas, por serem entidades sem fins lucrativos, estão dispensadas das obrigações que tem as empresas comuns para com a Receita Federal.
Uma delas e a Declaração de Imposto de Renda, que no caso das igrejas, é feito com a DIPJ ou Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica. As igrejas são consideradas “imunes” sobre qualquer tipo de imposto que a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios tenham instituído ou venham a instituir.
A imunidade é norma negativa de competência constante do texto constitucional, em outras palavras, qualquer tributo que os entes ( a União, os Estados, o Distrito Federal ou os Municípios ) venham a instituir não vão alcançar aqueles que gozam da imunidade, diferentemente daqueles que gozam da isenção que depende da lei específica que define suas condições, requisitos e abrangência, melhor dizendo, a isenção é um favor do legislador, passível de ser revogado a qualquer tempo, já a imunidade não pode ser revogada.
Mesmo imunes de impostos, as igrejas não estão desobrigadas de cumprir as obrigações acessórias, quais sejam: reter e recolher imposto de renda, apresentar declarações, rais, sefip, etc.
Diz o Regulamento do Imposto de Renda – RIR 99 (Decreto 3.000, de 26 de Março de 1999) em seu artigo 167, que as isenções, imunidades ou hipóteses de não incidência não exime as pessoas jurídicas beneficiárias das demais obrigações previstas no referido diploma legal, veja-se:
Decreto 3.000 (Regulamento do Imposto de Renda, RIR 99)
Art. 167. As imunidades, isenções e não incidências de que trata este Capítulo não eximem as pessoas jurídicas das demais obrigações previstas neste Decreto, especialmente as relativas à retenção e recolhimento de impostos sobre rendimentos pagos ou creditados e à prestação de informações (Lei nº 4.506, de 1964, art. 33).
O Diário Oficial do dia 02 de abril do corrente trouxe a publicação da Instrução Normativa RFB nº 1.264 que aprova o programa gerador e as instruções para o preenchimento do mesmo, e em seu art. 4º pontifica que “todas as pessoas jurídicas, inclusive as equiparadas” deverão apresentar a DIPJ-2012, e como a igreja aqui se enquadra, é obrigatória a apresentação também por estas.
Já o Parágrafo Único do art. 3º da Instrução Normativa obriga os declarantes a utilizarem a tecnologia de assinatura digital, mediante uso do certificado digital válido, veja-se:
IN REF 1.264
Art. 3º (…)
Parágrafo único. Para a transmissão da DIPJ 2012, a assinatura digital da declaração, mediante a utilização de certificado digital válido, é obrigatória.
O programa DIPJ-2012 já está disponível para download no site www.receita.fazendao.gov.br, contudo as declarações começarão a ser recebidas pela Receita Federal a partir do dia 02/05/2012.
O prazo final para envio das declarações é as 23h59m59s, horário de Brasília, do dia 29 de Junho de 2012. A não entrega desta declaração pode complicar a situação de imunidade da igreja, ocasionando a suspensão do CNPJ e mais adiante até mesmo o seu cancelamento.
A entrega fora do prazo legal, ou sua apresentação com incorreções ou omissões sujeita a pessoa jurídica a multas, sendo que o valor mínimo da multa é de R$ 500,00 ( quinhentos reais ), reduzindo a metade no caso de apresentação ou correção antes de qualquer procedimento fiscal, ou 75% se houver correção ou apresentação no prazo da intimação.
Após todas estas considerações, obrigatoriedade, forma e prazo de orientação, vamos falar um pouco dos nossos sistemas. Todos os Programas de Administração de Igrejas da SN System´s estão preparados para exportar os dados neles digitados para o programa DIPJ da Receita Federal, e não será diferente com a DIPJ-2012, a sistemática será a mesma, os aplicativos vão gerar um arquivo texto que será importado pelo programa da Receita Federal.
publicado por institutogamaliel às 06:46
tags: ,

Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

A Câmara dos Deputados discutirá em audiência pública na quinta-feira, 28, a suspensão de dois dispositivos de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia que orientam os profissionais da área a não usar a mídia para reforçar preconceitos contra os homossexuais nem propor tratamento para curá-los.

O projeto, do deputado João Campos (PSDB-GO), líder da bancada evangélica na casa, abre caminho para que psicólogos tratem o homossexualismo como um transtorno. O parlamentar argumenta que as orientações restringem o trabalho dos profissionais e o direito da pessoa de receber orientação.

"Entendo que a matéria não pode ser vista apenas sob a égide de uma única classe profissional, pois alcança a sociedade de uma forma geral. O tema requer um estudo e uma análise aprofundada, levando em consideração os aspectos científicos e também sociais que o envolvem", disse Campos. "Entendo que a matéria também deve ser submetida às pessoas que desejam buscar na psicologia ajuda em virtude de dúvidas quanto à orientação sexual", completou o parlamentar à Agência Câmara.

A proposta de Campos é derrubar dois dispositivos do conselho - o de que "os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades" e o de que "os psicólogos não se pronunciarão nem participarão de pronunciamentos públicos nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica".

A sessão de debate será realizada às 9h30 pela Comissão de Seguridade Social e Família, da qual Campos é suplente.
publicado por institutogamaliel às 13:12

Terça-feira, 26 de Junho de 2012


Por causa do seu orgulho e rebelião contra Deus, satanás foi condenado a passar a eternidade queimando no lago de fogo, antes da criação do mundo. Veja o que Deus Todo Poderoso falou:
“Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! Tu dizias no teu coração: eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo; contudo, serás precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo abismo Isaías 14:12-15
O ponto final de satanás será no inferno... E não será uma festa.
 “O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos”  (Apocalipse 20:10).
Satanás sabe para onde vaie conhece o eterno castigo que o espera. Agora ele deseja persuadir todo mundo que pode  (inclusive você) fazê-lo seguir para aquele lugar de tormento.
Ele o fará acreditar em qualquer uma das mentiras que ele puder apresentar para enganar você, a fim de torná-lo seu companheiro para sempre no inferno.
  • Se ele  deseja fazê-lo crer que você vai governar e reinar com ele lá, então ele dirá isso.
  • Se ele puder fazê-lo crer que o inferno realmente não existe, então ele o fará.
  • Se ele puder convencê-lo de que o inferno é um lugar maravilhoso, será essa a sua tática.
Satanás fará qualquer coisa  para evitar que você creia e aceite a verdade. E a verdade é que satanás odeia você com paixão!Seu único desejo é ouvir seus gemidos agonizantes, queimando nas chamas do inferno.
publicado por institutogamaliel às 06:04
tags:


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Últ. comentários
No seu site, vc esta citando o nome de MEU PAI, se...
Como não consegui encontrar um "Fale Conosco" no S...
Graça me Paz em Cristo amado. Esse termo devorador...
Edenilson da Silva (http://facebook.com/profile.ph...
Fumar é pecado? http://t.co/H7TH4xGGZ1
10 maiores mitos sobre homossexualidade http://t.c...
Porque o espiritismo atrai tanto??? http://t.co/hY...
O anjo massagista http://t.co/tvszR2eFR9
Organização Angelical http://t.co/rPCf0e8EgY
Ministerio Reobote (http://facebook.com/profile.ph...
arquivos
subscrever feeds