Cursos de Teologia, Capelania, Psicanálise Clínica, Psicologia Pastoral, Formação Pastoral, Coordenação de encontro de casais, Básico em Teologia, Médio em Teologia, Bacharel em Teologia.
Sexta-feira, 22 de Junho de 2012


 

Agora Jesus vai mostrar à mulher samaritana “para quê” uma alma é salva. Há basicamente três maneiras de se encarar a salvação: do homem para o homem, de Deus para o homem e de Deus para Deus. A primeira envolve acreditar que somos salvos por nossos méritos e esforços e para o nosso benefício. Começa no homem e termina no homem. Deus serve apenas para dar sorte ou para não dar azar, se for devidamente agradado.

A segunda é quando você realmente crê em Jesus, mas visando a sua felicidade. Você crê que a salvação vem de Deus, pela fé somente, mas que Deus existe para fazer você feliz, lhe dar uma vida próspera e sem doenças. Tudo começa em Deus, mas termina no homem. Deus é visto como seu servo e tem por obrigação de agradá-lo.
A terceira abordagem é a correta. A salvação vem exclusivamente de Deus, porém não é para nós mesmos que somos salvos, mas para sermos adoradores. É claro que somos beneficiados em tudo isso, mas o objetivo é Deus e seu Filho Jesus, em quem todas as coisas irão convergir no final. Portanto, para a pergunta “Para quê somos salvos?”, a resposta é “Para adorarmos a Deus”.
Os samaritanos adoravam a quem não conheciam, no lugar errado e da maneira errada. Jesus diz que os judeus adoravam quem conheciam e que a salvação vem dos judeus. Entenda que a salvação não são os judeus, mas foi de uma mulher judia que veio o Cristo, o Messias, o enviado de Deus. Deus quis que fosse assim, portanto não há o que discutir. Ao se revelar à mulher samaritana, quando ela pergunta sobre o Messias, Jesus diz: Eu sou, eu que falo contigo”“Eu sou” é a mesma expressão usada por Jeová para se revelar a Moisés.
E ele diz que ”Deus busca adoradores que o adorem em espírito e em verdade“. Até aquele momento, adorar em verdade significava adorar no Templo de Jerusalém e da forma como Deus ordenara, e não no monte Gerizim como faziam os samaritanos. Mas, apesar de adorarem em verdade, os judeus não adoravam em espírito. Sua adoração era da boca para fora e seu coração estava longe de Deus. Eles rejeitaram o Messias.
Hoje todo salvo pela fé em Jesus tem o Espírito Santo e pode adorar a Deus em espírito em qualquer momento e lugar, sem intermediários. Porém, no que diz respeito à adoração coletiva, se você estiver adorando em um templo e com rituais copiados do Antigo Testamento, não está adorando em verdade. Se a sua adoração adicionou elementos culturais, como dança, teatro e shows, então você inventou a sua forma de adorar, como fizeram os samaritanos.
Adorar coletivamente em verdade é adorar onde estiverem dois ou três reunidos para o nome de Jesus, reconhecendo o seu senhorio, e da maneira encontrada nas cartas dos apóstolos, o único guia que temos, além do Espírito Santo, para a adoração pós-judaísmo em espírito e em verdade. O ponto alto dessa adoração é a ceia do Senhor, e não um show de celebridades.
publicado por institutogamaliel às 12:11

Quarta-feira, 30 de Maio de 2012

Mais de 200 nações se preparam para o Dia de Evangelização Global, mobilização que acontecerá no dia 2 de junho em prol da propagação do evangelho de Cristo. Igrejas em todo o mundo participarão de atividades evangelísticas.
O pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, incentiva os cristãos a participarem da mobilização: “esta é a oportunidade gloriosa que você tem de se juntar, espontaneamente, a milhões de cristãos que sairão pelas ruas em todos os lugares da Terra para anunciar que o dia da salvação é chegado”.

publicado por institutogamaliel às 06:44

Segunda-feira, 07 de Maio de 2012

Parabéns missionários Kid e Maysa, pelo maravilhoso trabalho de evangelização e mobilizada social realizado em Vila Nova!!!

Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. (Salmos 126:6)






publicado por institutogamaliel às 09:03
tags:



David Botelho

Nosso coração está triste e podemos confessar que está chorando! Estamos impressionadíssimos com a queda no número de candidatos que se apresenta para treinamento aos ministérios transculturais para os povos não alcançados da terra! 

Neste ano, uma denominação não terá o treinamento para um projeto devido à falta de candidatos, o diretor de uma organização missionária confessou a um pastor amigo que neste ano teve o menor número de candidatos da história e o mesmo ocorreu com a Horizontes, mesmo depois do nosso pessoal ter visitado mais de 2.000 igrejas no ano passado para mobilização. Poderíamos enumerar outros fatores.

No momento, temos 70 candidatos treinados para serem enviados ao continente menos evangelizado da Terra – a Ásia – onde se encontram os três blocos religiosos principais: budismo, hinduísmo e islamismo e ainda os povos tribais que não possuem nenhuma porção do livro sagrado em suas línguas. 

Estamos surpresos com o pouco apoio que se tem dado a eles por amigos, familiares e irmãos que têm conhecimento do desafio de completar o sustento. Cada um foi recebido com um terço do necessário e precisa levantar os recursos para a “Operação Bota Fora”, isto é: passagens, seguro de vida com direito a repatriamento, vistos, aluguel de casa por um ano, etc. 
Começamos a ver as pedras clamando, pois há um sinal claro de que o Senhor está usando o governo brasileiro. Devido ao crescimento econômico e à grande carência de profissionais nas áreas técnicas, o governo resolveu oferecer 100.000 bolsas de estudos para jovens estudarem no exterior, sendo que 25.000 deles espera vir do setor privado. Estimamos que pelo menos 35.000 deles sejam evangélicos, portanto a presidente nem imagina está enviando missionários. Somente o governo canadense prontificou a receber 12.000 no projeto Ciências sem Fronteiras.
Nossa esperança é de que eles possam adquirir a visão missionária e compartilhar do amor de Cristo com jovens de outras culturas, principalmente de nações que tenham povos não alcançados e que em seus países de origem não podem ouvir as Boas Novas de Cristo.
Algo inimaginável está acontecendo! Cremos que é outro sinal de que as pedras estão clamando. Muitos jovens profissionais de nações não alcançadas que iam para a Europa e América do Norte em busca de boas oportunidades agora estão escolhendo vir para o Brasil.
O que está nos surpreendendo que as igrejas não estão preparadas para receber e evangelizar transculturalmente o grande contigente de latinos, principalmente bolivianos que estão chegando todos os dias, haitianos e portugueses. É de abrir as portas das igrejas para os receberem e os ajudarem neste período de adaptação. Nós até elaboramos um curso a distancia com livros e vídeos para preparar os crentes transculturalmente para uma grande colheita de estrangeiros em nossa pátria. 
É interessante ver profissionais e empresários chineses, indianos, árabes e de outras nações vindo para esta nação para ganhar dinheiro! Realmente, o Senhor mudou o eixo do mundo e isso nos traz uma grande responsabilidade. Como os filhos de Issacar, precisamos estar atentos a este novo fenômeno e aproveitar todas as oportunidades para anunciar Jesus como o único Salvador e Senhor. 
Sabemos que o Senhor está no controle de todas as coisas e nunca deixa de fazer sua obra, de uma maneira ou outra, mesmo com a nossa omissão, indiferença, apatia e descomprometimento com a expansão de Seu reino na face da terra.
Vocês podem se juntar a nós e orar para que esse quadro seja revertido nesta grande potência emergente que é o nosso Brasil?
Escolhemos alguns motivos estratégicos de oração por:
• Pastores que tenham a visão missionária transcultural e ensinem sobre alcançar as mais de 150 tribos indígenas brasileiras que não possuem um obreiro sequer, os povos não alcançados no exterior e desenvolvam projetos para evangelização das etnias não alcançadas em nossa pátria.
• Candidatos comprometidos para os treinamentos transculturais e que tenham o apoio de seus pastores, igrejas, amigos e familiares.
• Povos indígenas brasileiros, etnias estrangeiras no Brasil e os povos não alcançados no exterior, que tenham a oportunidade de ouvir pelo menos uma vez a mensagem salvadora de Jesus em seu contexto cultural, ainda nesta geração.
• 2.100 Investidores que financiem com pelo menos R$ 30,00 mensais os 70 jovens comprometidos e treinados que estão indo para a Ásia, o continente menos alcançado da terra.
Contamos com suas orações, pois o Senhor ouve as orações dos justos, 
No amor daquele que deu sua vida na cruz para que todos os povos, nações, tribos e línguas fossem comprados para Deus,
Cleonice e David Botelho
Missão Horizontes
Bradesco – Agência 1020 – Conta 3474-6
contato: @mhorizontes.org.br
publicado por institutogamaliel às 05:31
tags:


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Últ. comentários
No seu site, vc esta citando o nome de MEU PAI, se...
Como não consegui encontrar um "Fale Conosco" no S...
Graça me Paz em Cristo amado. Esse termo devorador...
Edenilson da Silva (http://facebook.com/profile.ph...
Fumar é pecado? http://t.co/H7TH4xGGZ1
10 maiores mitos sobre homossexualidade http://t.c...
Porque o espiritismo atrai tanto??? http://t.co/hY...
O anjo massagista http://t.co/tvszR2eFR9
Organização Angelical http://t.co/rPCf0e8EgY
Ministerio Reobote (http://facebook.com/profile.ph...
arquivos