Cursos de Teologia, Capelania, Psicanálise Clínica, Psicologia Pastoral, Formação Pastoral, Coordenação de encontro de casais, Básico em Teologia, Médio em Teologia, Bacharel em Teologia.
Quarta-feira, 04 de Abril de 2012

noite_familiaUm pai de família se encontrava arando o campo que estava junto a um canal de irrigação, enquanto seu filho brincava na beira do canal. Repentinamente o menino gritou: “Pai me ajuda. Estou caindo no canal!”

O Pai levantou a cabeça e viu o filho segurando em uma pequena árvore que crescia junto ao canal. “Espera um pouco, filho”, respondeu o pai, “suporta um pouquinho até que eu termine o que estou fazendo.” Incrível, não é verdade? Sem dúvida alguma!

Que pai deixaria seu filho lutando sozinho contra a força da água? Como podemos ajudar nossos filhos contra as correntes de água que atingem suas vidas? Correntes de crenças, influências e valores distorcidos. Como socorrê-los rapidamente?

Os pais têm, dentre outras, uma ferramenta eficaz de influência para transmitir os valores cristãos. A criação de um ambiente de sociabilidade e companheirismo no próprio lar. A Noite da Família é uma boa maneira de construir esse ambiente saudável e interativo.

Separar uma noite durante a semana para uma reunião formal da família pode ajudar a fortalecer os laços familiares como de nenhuma outra forma.

Geralmente os pais perdem ótimas oportunidades de envolver-se com seus filhos e atraí-los para si. Ao retornar do trabalho, devem considerar um privilégio o prazer de investir algum tempo significativo no relacionamento com eles. Sugiro que façam um plano.

É impossível edificar uma casa sem planejamento. Para edificar uma família, baseada no amor e na unidade, é necessário planejar, juntos.

Como planejar a “Noite da Família”?

  1. Escolher uma noite específica da semana, reservada estritamente para vocês.
  2. Evitar qualquer possibilidade de interrupção.
  3. Conscientizar os membros de sua família que esse tempo é de grande valor.

Programa sugestivo: Apesar de ter uma agenda, deve ser informal e pode conter os seguintes pontos:

  1. Oração de mãos dadas.
  2. Leitura de um pensamento ou texto sobre a vida em família.

3. Conversar sobre: férias, lazer, compras, estudos, futuro, relacionamento, vida religiosa, problemas familiares, deveres domésticos e outros assuntos que sejam do interesse de algum membro da família.

  1. Avaliação das metas estabelecidas, pontuações e premiações.
  2. Momento de confissão. As confissões espontâneas feitas neste momento conferem ao membro da família o direito de não ser criticado, nem penalizado. Assim, a família cria um ambiente terapêutico de abertura, compreensão, aconselhamento e apoio.
  3. Momento de louvor e oração intercessória. A família orando por suas próprias necessidades e por outras famílias.
  4. Momento de recreação.
  5. Jantar especial.

Os pais são responsáveis por liderar essa iniciativa. O fato de separar um tempo com sua família traz uma mensagem poderosa muito maior que as palavras. É importante a participação espontânea dos membros do lar. É bom que a reunião não seja muito longa. Os pontos que não forem tratados por falta de tempo podem ser incluídos na agenda da semana seguinte.

A idéia de uma reunião formal, por semana, cria uma atmosfera de verdadeiro amor, ajuda a integração da família e proporciona um clima de crescimento, paz e harmonia.

A maioria dos fatos que ocorre no lar geralmente não é discutida formalmente pela família.

Por exemplo: a compra de um carro, às vezes surge da iniciativa do pai que acha que já está na hora de trocar o carro, compartilha em algum momento com a esposa e no momento que se apresenta a oportunidade o compra. Não é assim? Que bom seria colocar na agenda da reunião familiar o assunto para ser discutido com todos os componentes. Mesmo que as crianças sejam pequenas podem ser informadas da cor, marca e preço. Pode, também, explicar aos membros da família a forma do financiamento e, talvez, as economias que juntos terão que fazer. E assim todos participam do processo da compra.

Já pensaram o que acontecerá em sua família a partir do momento que começarem a desfrutar dessa noite? Quantos problemas serão evitados, quantas barreiras serão removidas, quantas vitórias serão alcançadas? Então conversem e definam um dia para a “Noite da Família” em sua casa.

Será realmente uma bênção!

Edison Choque Fernández

Ministério da Família, DSA

publicado por institutogamaliel às 20:27
tags:


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
16
17
21

22
23
24
25
26
27
28

29


Últ. comentários
No seu site, vc esta citando o nome de MEU PAI, se...
Como não consegui encontrar um "Fale Conosco" no S...
Graça me Paz em Cristo amado. Esse termo devorador...
Edenilson da Silva (http://facebook.com/profile.ph...
Fumar é pecado? http://t.co/H7TH4xGGZ1
10 maiores mitos sobre homossexualidade http://t.c...
Porque o espiritismo atrai tanto??? http://t.co/hY...
O anjo massagista http://t.co/tvszR2eFR9
Organização Angelical http://t.co/rPCf0e8EgY
Ministerio Reobote (http://facebook.com/profile.ph...
arquivos